Resenha: 007 - Cassino Royale, Ian Fleming

By Débora Vicente - 21:56

   Oi amores, como estão? Espero que bem 💋 

   Essa semana li um livro que gostei muito e resolvi trazer pra vocês a resenha ... É um livro bem curtinho, então a resenha vai ser pequenina também. Bora conferir?!


007 - Cassino Royale, Ian Fleming

Autor: Ian Fleming / Gênero: Ação
Páginas: 173 / Editora: Bestbolso
 Ano: 2012


Sinopse: Escrito originalmente em 1953, "Cassino Royale" foi o primeiro livro de Ian Fleming contando as aventuras de James Bond. O romance revela detalhes do homem e do universo de 007. Aqui, Bond está em uma missão para neutralizar um agente russo extremamente perigoso, conhecido como Le Chiffre. Bond tem de derrotar o espião russo na mesa de bacará para forçar seus mestres soviéticos a "aposentá-lo". Ao que parece, a sorte sorri para Bond. No entanto, algumas pessoas não sabem perder. Sem falar que a atração de 007 pela belíssima e misteriosa agente Vesper Lynd pode levá-lo ao completo desastre e finalmente à salvação pelas mãos de um inesperado benfeitor.
_______________________________________________________________________________________________________


"Meu nome é Bond... James Bond."

  Uma missão de alto risco e M, chefe do serviço secreto escolhe o melhor agente para cumpri-la. Enviado a cidade de Royale, Norte da França, para derrotar Le Chiffre (tesoureiro de um sindicato comunista francês). O agente Inglês 007: Sr. Bond, James Bond. É aqui que conhecemos mais sobre o agente, sobre seu talento com as cartas e como adquiriu o título de 007 e sua licença para matar. Não se deixem confundir pela sequencia dos filmes, pois são diferentes. Cassino Royale só teve os direitos cedidos para a adaptação cinematográfica anos depois que os filmes foram  lançados.
   No inicio do livro, Fleming apresenta um "resumo" da historia e os personagens como se já os conhecêssemos de outro livro. 
    O James das páginas é diferente do que conhecemos nos filmes, pois ele é mais humano, se entrega a sentimentos (isso não retira o título de machista, durão, arrogante, etc) e talvez (fiquem com o beneficio da duvida), seja por isso que ele se torna a "máquina", o agente frio que todos conhecem.
  Surgem três figuras para trabalhar com Bond, Mattis, seu companheiro de outras missões, Félix Leiter (CIA americana) e uma figura feminina, Srta. Vésper Lynd. James logo de cara se interessa por Vésper, uma mulher misteriosa e com uma beleza excepcional.
   Bond precisa enfrentar e falir Le Chiffre na mesa de jogo, em uma partida de Bacará. O autor descreve como o jogo funciona e todas as regras do mesmo e você consegue ficar tenso durante o jogo tanto quanto o agente. ~Lembrando que, é um cenário onde, tudo deveria dar certo~.
Algo inesperado acontece e Bond tem que tomar uma decisão: resolver o problema ou simplesmente voltar para a Inglaterra. 
   O livro foi escrito na Jamaica, em 1953, então alguns pensamentos de Bond (pra mim) foram considerados normais (considere que já se passaram 64 anos), o autor era jornalista e trabalhou na guerra, por isso tem ótimas bases.
    Fleming nos presenteia com uma narrativa envolvente, ele descreve cenas e lugares com detalhes mas não os sobrecarrega e ainda deixa o clima de suspense no ar. 
    Unica coisa que me deixou muito irritada com o livro são os termos Franceses, algumas palavras, já vem logo de imediato a sua tradução/seu significado; outras porém, fica o ponto de interrogação no ar. 
    
    Recomendo a leitura. Mesmo se você não for fã do genero, dê uma chance para a escrita do autor, porque é digna de tal chance.
   Eu assisti o filme a muito tempo atrás, não lembro de muitos detalhes, mas os poucos que lembro, são muito fiéis ao livro (pretendo assistir novamente em breve para pode dizer a vocês).

   Bem amores, como havia dito, esta semana meu encontro com vocês seria menor, mas espero que tenham gostado. Um beijos e um cheiro. 👻
   Até semana que vem. 💕
“Existem três formas de se fazer as coisas: o jeito certo, o jeito errado e o meu jeito.”

  • Share:

You Might Also Like

3 comentários